Quartos de Crianças

O quarto  é um ambiente para se relaxar e se recuperar as energias gastas durante o dia, mas está associado à forma como vemos o mundo. Se levarmos em conta que montamos o quarto usando referências de nossa personalidade, iremos entender que o ambiente reflete exatamente a forma como nos expressamos e sentimos a vida. Se fomos nós que escolhemos como montar os quartos das crianças, imprimimos muito da forma como queremos que os filhos sejam e, talvez nesse caso, exigimos além do que possam compreender as crianças. “Arrume seu quarto! Não faça bagunça! Não deixe nada espalhado!” Sim, essas são algumas das frases mais ditas por nós na intenção de educar e ensinar o cuidado que devem ter com o que é de sua responsabilidade. Mas até que ponto não influenciamos na individualidade dessas crianças?

Se o espaço foi escolhido e elaborado por elas, a coisa muda de figura. O quarto se torna a primeira propriedade adquirida e conquistada pelos pequenos, que se sentem mais livres para manipularem o ambiente como bem entenderem. Não que a responsabilidade e o cuidado não estejam na lista de tarefas,  pois essa regra é primordial para criar futuros adultos com boa estrutura e educação. Mas se são os próprios que ditam a forma como o espaço será criado, o ambiente estará mais conectado com seus sonhos e desejos.

É claro que ainda pode ser cedo para entender como montar um espaço prático e funcional, e é nesse ponto que as crianças devem contar com a ajuda e o auxílio dos pais. Mas na escolha das cores, objetos e na “temática” que deve existir no espaço, procure colher o máximo de informações possíveis que tenham a ver com o gosto pessoal da criança, priorizando seu modo de ser e sentir esse espaço criado para chamar de “seu”.

Nessa semana apresento algumas dicas que irão auxiliar muito no trabalho com as energias dos quartos infantis, para que as crianças cresçam felizes e se sintam realizadas em seus espaços. Acompanhem:

– Ao escolher um quarto para crianças, procure pelo mais iluminado e arejado. Os pequenos precisam de mais energia para se desenvolverem e nada melhor que o ar fresco e a luz do Sol para ajudar nesse processo. Agora, se o quarto escolhido recebe a luz solar da tarde, as energias podem estar desgastadas e prejudicarem o sono das crianças. Para corrigir o efeito, compre um prisma d’água e o carregue com água mineral. Esse é um elemento específico do Feng Shui, fácil de ser encontrado e que irá neutralizar os efeitos nocivos do Sol da tarde. Pendure-o na janela ou porta por onde passa o Sol.

– No desejo de empregar cores nos ambientes, prefira mais as quentes, como vermelho, laranja e amarelo, diluídas ou em tons mais fechados. Se preferir as cores frias, como verde, azul e violeta, evite os tons diluídos e escolha os mais vibrantes. As cores frias em tons pastéis são as menos indicadas para quartos de crianças, pois criam ambientes depressivos e podem gerar timidez e introspecção nos pequenos. Os tons de amarelo são coringas para esses espaços, facilitando a comunicação e aumentando a capacidade mental e criativa.

– Evite alinhar camas com portas e janelas. Se o espaço for pequeno e isso não for possível, utilize uma cortina ou persiana nas janelas. Ao lado das portas, utilize uma luminária e, se o problema ainda for a falta de espaço, pendure uma esfera de cristal multifacetado no centro do batente da porta. Essa disposição influencia no bem-estar físico e na reposição de energias. Sem a devida “cura”, pode gerar debilidades nesses aspectos.

– Se o quarto for compartilhado entre irmãos, utilize camas separadas ou bicamas. Evite beliches pois também podem influenciar no padrão do sono e ainda causar problemas físicos. A criança que dorme na cama de baixo carrega uma forte tendência à ser mais fechada e sua comunicação é debilitada. Já a que dorme em cima pode apresentar problemas respiratórios e até claustrofobia.

– Em camas com gavetas, evite guardar brinquedos ou outros elementos como livros, plásticos, metais ou eletrônicos. Nesses espaços, prefira depositar materiais mais leves e que possam ser manipulados constantemente, como tecidos e roupas.

– Se a cama for posicionada embaixo de uma prateleira ou armário, essa disposição pode gerar dores de cabeça e enxaqueca. Isso ocorre devido ao excesso de energias acumuladas em espaços pequenos. Para sanar o problema, posicione uma luminária ao lado da cama ou na parede da cabeceira, com a luz voltada para o alto. Isso irá regular o fluxo das energias que circulam nesse espaço.

Uma excelente semana a todos,

Luz e Amor

Limpeza Com Sálvia

A palavra sálvia vem do latim ”salvea” que significa salvação. Os índios norte-americanos a reverenciam muito, pois acreditam que a fumaça da Sálvia Branca não serve apenas para purificação de corpo, mas também para ambientes e objetos pessoais.

Na forma de chá, purifica o organismo e renova o sistema gastrointestinal. É utilizada para a proteção, o equilíbrio e a purificação do corpo, mente e espírito, para afastar energias intrusas e maus espíritos, assim como para adquirir força, discernimento e sabedoria.

A sálvia em formato de charuto é utilizada para defumação do ambiente. Você pode utilizar  a fumaça do charuto para expelir as energias nocivas do ambiente, criando um campo de proteção em sua casa.

Acenda a ponta do charuto e espere que a fumaça fique  densa, comece a defumação do fundo da casa para frente, como se estivesse varrendo as energias para fora do ambiente. Se a casa possuir dois andares, comece no andar de cima e leve toda energia para o andar debaixo e depois para a porta da casa expulsando de vez as energias nocivas.

Espero que aproveitem essas dicas para melhorar a harmonia do seu lar!

Um grande beijo,

Luz e Amor,

Luiz Netto

 

Sua Casa, um Solo Sagrado

Entende-se como um “Solo Sagrado” um local que recebeu uma consagração através de um ritual de purificação que, não só buscava a limpeza das energias mais densas, como também pretendia reforçar a defesa e a proteção de um local.

Quando uma casa ou um apartamento recebem seus primeiros moradores, costumamos dizer que sua estrutura é composta por uma leve e sutil camada de “luz azul”, identificando a aura viva e cristalina existente no espaço. Essa energia que circula pelas paredes e em tudo o que existe na casa, é algo positivo e funciona como a proteção desse espaço.

Conforme seus moradores vão vivendo nessa casa, as vibrações positivas e negativas podem se instalar, alterando esse padrão vibracional cristalino. As vibrações positivas reforçariam essa camada de proteção, porém, os famosos miasmas, energias densas e negativas criadas por seus habitantes, contribuiriam para a perda dessa defesa e para o acúmulo de energias tensas em seu interior.

É nesse momento que podemos realizar um grande ritual de consagração para a criação de um Solo Sagrado de luz e energia cristalina. Para isso, escolha um dia da semana calmo e tranquilo, livre dos compromissos e da agitação. Acenda uma vela branca ao seu anjo da guarda e aos anjos da guarda dos demais moradores. Determine sua defesa e proteção, principalmente contra os miasmas da casa. Se desejar, inclua outros desejos, como a conquista da prosperidade, do bem estar e da harmonia.

Deixe as portas e janelas abertas e acenda todas as luzes da casa. Com um sino metálico nas mãos circule pelos ambientes, a partir da porta de entrada principal, em sentido horário. Badale o sino para que os miasmas sejam soltos das paredes, móveis e objetos.

Pegue alguns carvões em brasa e coloque-os dentro de um turíbulo, uma espécie de defumador, igual ao que o padre usa para defumar as igrejas em dia de missa. Inclua um preparado de sete ou vinte e uma ervas, que você encontrará pronto em lojas especializadas. Ao entrar em contato com o carvão, as ervas queimarão e enviarão para fora todo o miasma solto pelo sino. O caminho a ser seguido com o defumador deverá ser o mesmo que você percorreu com o sino e ao defumar, você poderá escolher uma música ou uma oração que deseja para fazer, enquanto purifica os ambientes.

Coloque algumas gotas de água benta em um recipiente com água filtrada e faça o mesmo caminho anterior, por toda a casa, começando pela porta de entrada principal. Use o dedo ou um galho de alecrim ou arruda para espargir a água fazendo o sinal da cruz em portas, janelas e cantos. Nesse momento diga: “Eu consagro essa casa como um Solo Sagrado de luz e boas vibrações!”

Para finalizar, coloque algumas flores brancas em água em um vaso de sua preferência e deixe perto da porta de entrada. Nesse momento, reafirme seus desejos de paz e crescimento determinando, em voz alta, tudo o que desejar. Pronto! Sua casa já será um “Espaço Sagrado” de boas vibrações e energias.

Para mantê-lo, lembre-se que suas atitudes, pensamentos e palavras são de extrema importância para que as boas vibrações sejam mantidas em seu interior. Deixe o negativo de lado e passe a vibrar a harmonia que tanto deseja ter em sua casa.

Luz e Amor à todos,
Luiz Netto

Harmonização de Espaços

O termo “Feng” significa vento, enquanto “Shui” simboliza água, dois elementos presentes em abundância em nossas casas. O termo “Feng Shui” significa harmonia entre os elementos, que quando bem posicionados e trabalhados em um espaço, criam um padrão vibracional ampliado capaz de atrair todas as boas vibrações para onde possam fluir com equilíbrio e harmonia.

O Feng Shui foi criado há mais de três mil anos na Antiga China, onde filósofos buscavam retratar o mesmo padrão energético de evolução, criado pela natureza, para dentro de suas construções. Como resultado, técnicas foram criadas para que, mesmo protegidos dos fenômenos da natureza, como o vento e tempestades, calor e frio, estações do ano, o homem ainda pudesse viver em contato direto com essa natureza, ponto de sua origem, dentro de suas habitações.

O trabalho do Feng Shui é analisar o caminho dessas energias nas casas, criando as correções necessárias para que seus fluxos possam circular de forma harmônica e equilibrada e realizar, através de um mapa divisor, conhecido como Baguá, as sugestões para a ativação de nove aspectos favoráveis que compreendem seu dia a dia e são de extrema importância para que realmente possamos conquistar, cada vez mais, a sabedoria e a prosperidade em sua vida.

Sua casa é um espelho de seus pensamentos, sonhos e desejos. Retrata claramente sua visão de mundo e a forma como sente e percebe o Universo. Acontece que em torno de sua casa, todos os tipos de energias circulam livremente pelo Cosmos, como a energia de amor, crescimento, sucesso, realização e saúde, mas também as vibrações de raiva, rancor, mágoas, doenças e infelicidades.

Quando realizamos um trabalho empregando as técnicas de Feng Shui, somos capazes de perceber quais energias são atraídas pela casa, aumentar seu padrão energético através das famosas “curas” (transformações nos caminhos das energias) e transformarmos a casa em uma grande “ANTENA” captadora de todas as boas vibrações existentes no Universo. Isso fará com que a casa e seus morados, sejam protegidos do contato com as energias mais densas e negativas, que agora não mais fazem parte do padrão energético da casa, melhorando seus padrões e aumentando suas qualidades de vida.

Com isso, uma grande energia, já adquirida por nosso corpo e conhecida como “Chi”, prevalecerá em grande quantidade no interior das casas, o que também aumentará o poder energético dos espaços e portanto, de seus habitantes.

O “Chi” ou “Sopro Divino” é manifestado toda vez que respiramos. Ao inspirar o ar, além de oxigênio, também atraímos o Chi, responsável por nosso padrão vibracional energético, o que reforça nossos campos de energia ou chakras, fazendo com que possamos nos reabastecer energeticamente e criar vitalidade para nosso corpo físico, mental e emocional.

O que ocorre em uma casa é que, alguns fatores como vigas, quinas e escadas mal posicionadas; banheiros e cozinhas em regiões inapropriadas; o uso incorreto da disposição de móveis e cores na casa; as relações entre portas, janelas e móveis; a forma da casa e sua localização, além de outros fatores, são situações que podem ocasionar a absorção de somente uma parte deste Chi, o que traz a queda de nossos campos energéticos e portanto, dificuldades para se atingir a harmonia, o crescimento e a prosperidade.

Sem essa vitalidade e reforço energético, somos levados às situações difíceis e negativas onde situações desfavoráveis como as doenças, o desânimo, a falta de vontade, de prosperidade, conhecimento, amor e vitalidade fazem parte de nossas vidas, sem que percebamos que é exatamente um reflexo da casa que moramos e de suas estruturas energéticas.

Luz e Amor a todos,
Luiz Netto